Diabetes

Por: Dra. Ana Carolina Arato

O diabetes é uma doença metabólica em que ocorre o aumento da taxa de açucares no sangue. Cronicamente, esta elevação pode gerar alterações no coração, rins, cérebro e olhos, os chamados “órgãos-alvos”, por apresentarem vasos muito finos.

Nos olhos, as principais alterações são o desenvolvimento precoce de catarata, alterações nos vasos da retina, chamada de retinopatia diabética, e alguns tipos de glaucoma. Tais alterações podem ser leves e controláveis, porém, infelizmente, em alguns casos a perda irreversível da visão pode ocorrer.

Como posso descobrir se tenho algum problema?

Todos os pacientes diabéticos estão sujeitos a alterações oculares. Por isso, o diagnóstico precoce é essencial e, na maioria das vezes, quando o paciente espera apresentar algum tipo de embaçamento visual para procurar ajuda, o quadro já pode estar avançado e de difícil tratamento.

Desta forma, o ideal é que o paciente passe por uma avaliação oftalmológica, com exame de fundo de olho, pelo menos uma vez por ano, a depender da indicação médica.

A primeira avaliação no oftalmologista deve acontecer:

- Logo após o diagnóstico, em pacientes com diabetes tipo 2

- Até 5 anos após o diagnóstico ou na adolescência, em pacientes com diabetes tipo 1

- A cada 3 meses em gestantes

Como posso me prevenir?

Alguns fatores estão associados ao desenvolvimento de alterações oculares. Os mais importante são:

- Descontrole do diabetes

- Tempo da doença

- Hipertensão arterial descontrolada

- Alteração nos rins

- Aumento de colesterol e triglicérides

Dessa forma, o melhor controle possível do diabetes e outras alterações sistêmicas com uso de medicações e mudanças no estilo de vida (alimentação e exercícios físicos), são a melhor forma de prevenir problemas oculares.

Se você é diabético ou tem um familiar com a doença, que não faz acompanhamento regular com oftalmologista, converse sobre a importância do exame oftalmológico e fale com seu médico!


Categorias de postagens

Dicas de saúde

Artigos